Livros de economia são lançados durante seminário internacional

novembro 7, 2017|notícias|0 comments

O restaurante Villa Vegana, em Brasília, recebe nesta terça-feira (07) o lançamento de diversos livros de economia. O evento acontece no contexto do seminário internacional “Esquema Financeiro Fraudulento e Sistema da Dívida”, realizado na capital federal pela Auditoria Cidadã da Dívida e que conta com o apoio do Cofecon.

Um dos destaques é o livro “Reforma Tributária” (286 páginas, Editora Atlas), que tem entre seus autores o ex-conselheiro federal Roberto Piscitelli. Os autores defendem que após alcançar a estabilidade monetária, o país depende de uma reforma tributária que torne o crescimento econômico brasileiro realmente sustentável e efetivo na redução das desigualdades sociais. O livro é dividido em cinco grandes temas: a necessidade de uma reforma; a tributação de renda, bens e serviços; distribuição de renda e justiça social; tributação e crescimento econômico; e a questão federativa.

Outro livro de destaque é “A era do capital improdutivo” (317 páginas, Editora Outras Palavras), do economista Ladislau Dowbor, que participou como palestrante nas últimas edições do Congresso Brasileiro de Economia. Em seu livro, Dowbor aponta que o crescimento das desigualdades, a ausência de limites para a destruição da natureza e o esvaziamento da política podem ser faces do mesmo fenômeno. A arquitetura do poder mundial encontra-se em transformação: pela primeira vez em mais de 350 anos os Estados Nacionais estão deixando de ser protagonistas, perdendo espaço para grandes corporações financeiras. Um poder que, sem ser eleito, derruba democracias, impede que governos realizem políticas públicas, asfixia a capacidade de investimento das empresas nacionais e reduz drasticamente a renda das famílias e de cada um de nós. Um poder que se autofinancia por meio da especulação e se torna cada dia mais forte. Dowbor discute soluções práticas para enfrentar este problema.

Outros livros que também estarão sendo lançados no evento são “Para onde vai Portugal?”, “A segurança social é sustentável: Trabalho, Estado e Segurança Social em Portugal” e “Quem paga o Estado Social em Portugal?”, todos de Raquel Varela; “The Long Depression”, de Michael Roberts; “O Ardil da Flexibilidade”, de Sadi dal Rosso; e “Crônicas do Golpe”, de Felipe Pena.